Inteligência artificial em supermercados: aplicações e benefícios

Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
A inteligência artificial em supermercados pode ser usada para entender o perfil de consumo dos clientes, envio de ofertas personalizadas e mais.
Miniatura inteligência artificial em supermercados
Reproduzir vídeo

A inteligência artificial é um dos assuntos que passou a ser mais abordado, em noticiários e por entusiastas, nos últimos anos. Afinal, temos à disposição aplicativos que usam IA para dirigir, ouvir música e assistir conteúdo sob demanda. Mas quais são as aplicações dessa tecnologia em supermercados? Faz sentido?

Para começar, faz todo sentido. Assim como Waze, Spotify e Netflix, supermercados geram uma quantidade de dados além da capacidade humana de processamento para transformar em inteligência. O montante de informação é diferente, mas a necessidade de máquinas para fazer esse trabalho é um ponto em comum essencial.

Em linhas gerais, inteligência artificial é um ramo da computação que se propõe a entender o comportamento humano e passa a tomar decisões estratégicas automatizadas. Programadores constroem algoritmos para entender determinados padrões e esses algoritmos passam a olhar para uma enorme massa de dados em busca deles.

Inteligência artificial em supermercados


As aplicações em supermercados são diversas. Imagina mapear todos os SKU’s com boa margem de lucro na loja e ser avisado automaticamente quando houver uma queda nas vendas fora do padrão? Esse é um exemplo do uso de inteligência artificial em supermercados.

O entendimento dos perfis de consumo dentro dos supermercados, por meio da clusterização, também precisa de inteligência artificial. Mais especificamente do aprendizado de máquina (machine learning, em inglês), que é um ramo da IA. É a partir dessas informações que passa a ser possível fazer ofertas personalizadas para os clientes.

Exemplos de aplicação

  • Envio de ofertas personalizadas para os clientes
  • Acompanhamento automático do desempenho de SKU’s escolhidos
  • Eliminação de rupturas, quebras e excesso de estoque

O cliente churrasqueiro, por exemplo, sempre compra carvão e linguiça na loja. Porém, ele não leva a carne e o pão de alho. Esse padrão de consumo indica que ofertar esses produtos para ele tem potencial de conversão, ou seja, de aumento de ticket médio. É impossível para um profissional analisar os dados do supermercado em Excel para ter essas valiosas informações sobre todos os clientes.

A inteligência artificial também pode ser usada para eliminar rupturas, quebras e excesso de estoque em supermercados. Ao entender o padrão de venda dos SKU’s em determinada loja, algoritmos conseguem gerar o pedido de compra ideal, ou seja, com previsão sobre a saída de itens baseada na análise massiva de dados.

Acompanhar com mais facilidade o desempenho de SKU’s também contribui na construção de jornais de ofertas mais inteligentes e rentáveis. Afinal, essas informações podem ser decisivas no momento de escolher quais produtos serão ofertados.

Benefícios da IA em supermercados


Portanto, o uso de inteligência artificial em supermercados gera efeitos, por exemplo, no bom relacionamento com os clientes, aumento de ticket médio e melhor gestão de estoque. Aliar a experiência gerencial de profissionais com larga vivência no setor supermercadista a informações geradas por análise massiva de dados é um trunfo para o negócio. Trata-se de uma tendência global.

Quer conhecer as soluções da datasales?

Quer conhecer as soluções da datasales?